sexta-feira, 1 de março de 2019

Porquê Leite de Cabra?

Muitas são as pessoas que me têm perguntado porque decidi dar leite de cabra à minha filha.

Desde que fui mãe pela primeira vez, que a alimentação infantil e a diversificação alimentar tem sido a minha disciplina de eleição. Os alimentos que escolho dar à minha filha são pensados de maneira a ter a certeza que lhe dou o melhor que sei e consigo. 

Imagino que não seja por ser nutricionista, pois qualquer mãe quer o melhor para os seus pequeninos. Sendo nutricionista e acreditando piamente na importância das escolhas alimentares corretas desde a infância, esta questão é ainda mais relevante para mim. De maneira nenhuma quereria que “em casa de ferreiro espeto de pau”, quando a pessoa em causa é a minha "pipoquita"!

Na altura de escolher um bom leite para dar à minha filha vi-me deparada com uma imensidão de marcas e fórmulas à venda. Inicialmente sem pensar comprei a primeira fórmula que me foi recomendada pelo nosso pediatra, mas ainda na caixa, enquanto esperava para pagar, dei uma espreitadela na lista de ingredientes e não achei nada interessante. Demorei algum tempo a estudar rótulos entre as prateleiras dos supermercados, parafarmácias e farmácias, mas a escolha era difícil. Comecei por fórmulas comuns, depois por hipoalergénicos com as proteínas hidrolizadas (HA) passei pelas opções biológicas, como o Leite da Baby Bio, que comprava no supermercados Go Natural perto de minha casa e finalmente encontrei aquela que  se encaixou perfeitamente nos meus critérios: fórmula adaptada de leite de cabra CapriCare.

Estamos habituados a consumir sempre leite e derivados provenientes da vaca mas, o que muitas pessoas não sabem é que substitui-los pelo leite de cabra pode trazer imensos benefícios. Inclusivamente para os bebés, sobretudo os mais pequenos.
O leite de cabra além de possuir uma melhor digestibilidade, contém nutrientes que ajudam tanto os adultos como as crianças. É rico em cálcio e fósforo (importante para formação dos ossos) e também em zinco e selénio (micronutrientes que contribuem para as defesas do organismo e prevenção de doenças neuro-degenerativas).
A sua composição é muito mais semelhante ao leite materno do que qualquer leite ou derivado de vaca, isto porque a caseína Alfa S1 (um tipo de proteína) está presente em menor quantidade no leite de cabra, tornando-o um leite menos alergénico e mais facilmente digerido, especialmente interessante para barriguinhas mais sensíveis e as temidas cólicas dos primeiros meses (vê AQUI mais dicas para combater as cólicas).


Para os bebés e crianças o leite de cabra é uma boa substituição do leite de vaca uma vez que a sua composição proteica promove uma digestão gástrica suave e rápida, reduz as cólicas e causa menos obstipação nos bebés. Outra diferença essencial entre a composição destes dois tipos de leite está na natureza da sua gordura. 
Além de possuírem glóbulos menores de gordura, o que facilita a sua digestão, possui ainda mais ácidos gordos essenciais de que o leite de vaca. A gordura presente no leite de cabra contribui para diminuição dos níveis de colesterol total e mantêm os níveis adequados de triglicerídeos.




Por todas estas razões, o leite de cabra pode ser considerado um alimento natural e funcional, sendo que o seu consumo habitual deve ser aumentado entre a população geral, especialmente, entre todos aqueles que apresentam alergias ao leite de vaca, problemas de má absorção, colesterol alto, anemia, osteoporose ou tratamentos prolongados com suplementos de ferro.
Compro este leite em farmácia. Apesar de nem sempre terem disponível encomendo e chega no próprio do dia ou no dia seguinte.


De resto tento que os lacticínios que lhe ofereço ao longo do dia, agora que já tem 16 meses, sejam maioritariamente iogurtes (que também encontram de cabra ou ovelha) sem aromas, sem açúcar e sempre que consigo bio.

Sem comentários:

Publicar um comentário