quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Enfim de volta... e agora?

Pois é! Segundo consta “FÉRIAS” não rima com "DIETA"!

Depois do regresso às nossas rotinas e com uma barrigada de férias (que regra geral passam sempre a correr... sempre depressa demais), chegamos a casa e ajustamos contas com a balança!
Se nas férias temos o calor, menos stress, mais saladas e refeições frescas, temos também mais convites e mais tempo livre para ceder a tentações. Acredite... acontece com toda a gente!


Quem não passou por uma esplanada, por um final de tarde com petiscos de chorar por mais, acompanhada de uma boa vista e de uma companhia ainda melhor?
Desfrutar do convívio, muitas vezes, passa pela partilha alimentar em volta da mesa! E quem fala em petiscos fala também nos sunsets, entre amigos, de copo na mão. Nestas alturas as escolhas recaem, entre muitas outras opções, sobre sangrias, mojitos ou caipirinhas... Estas misturas para além das bebidas destiladas utilizadas nas suas receitas e do seu valor alcoólico estão ainda carregadas de açúcar.... uma bombinha calórica no seu estado líquido!

Em férias as exceções acabam por ser regra e tipicamente são vários os motivos que nos fazem fugir à dieta:

- Falta de organização 
Nas férias acabamos por baixar as guardas e deixarmo-nos ir ao sabor do vento...
“O almoço de amanhã? Logo se vê... vamos fazer o que nos apetecer...”
A verdade é que muitas vezes não nos resta outra hipótese do que ir por soluções rápidas e pouco saudáveis... mas sempre com o mesmo pensamento “É só hoje... estamos de férias!

- Excesso de sal 
Comer fora e comprar produtos embalados ou industrializados impede que sejamos nós a gerir os ingredientes das receitas.

- Excesso de açúcares e “as sobremesas”
Sim porque estamos de férias e merecemos um miminho... afinal é o “merecido descanso do guerreiro”! Aquela bola de Berlim ou o geladinho de final de dia é difícil de resistir... (sim esses também contam!). Neste caso a compra de produtos embalados também pode contribuir para o consumo de açucares escondidos sem que nos demos conta.

- Bebidas alcoólicas
Porque é especial, porque estamos fora das rotinas e porque sabem bem... mas no final das contas 1g de álcool corresponde a 7kcal... (sabia que 1g de hidratos de carbono corresponde a 4kcal?)

- Petiscos 
Não sei por onde começar, mas a verdade é que o bom tempo e os dias longos são convidativos para um final de tarde em volta da mesa. Mais importante que os petiscos em si, deve ter em conta que muitas vezes são acompanhados de pão com manteiga e algumas cervejinhas bem frescas.

- Fritos
Comer fora de casa por vezes não é fácil e as escolhas nem sempre são do nosso agrado... acompanhamento de batata frita, panados, salgadinhos e os snacks salgados são apenas algumas das opções que encontramos e que nos trazem a “desgraça”.

- As “férias do ginásio”
Sim porque quem vai de férias não leva o ginásio atrás. Se é verdade que pode passear pela praia, nadar e tornar-se ainda mais activo, na prática nem sempre é o que acontece.

Estas são algumas das exceções que saltam à vista... mas há mais... acredite... há mais!

Como regressar às rotinas alimentares nem sempre é fácil e por isso mesmo proponho um plano Detox Pós Férias (à semelhança do que fizemos no pós festas AQUI e no pós páscoa AQUI),... quer alinhar comigo?

É um plano simples, nutricionalmente variado e fresco... sim os ventos estão de África e as temperaturas escaldantes por isso aposto nos sumos desintoxicantes de frutas e vegetais e nas sopas detox frias.

Este é um plano com a duração de 4 dias que vai permitir ajudar-nos a entrar nos eixos e fazer um reset ao ciclo de asneiras das férias.

Prontos para o desafio? Nos próximos dias irei publicar receitas dicas e planos para o seu reset saudável de boas vindas!

Sem comentários:

Publicar um comentário