sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Sodastream: O meu novo vício saudável

SODASTREAM - A descoberta

Pouco antes de ir de férias conheci a Sodastream - marca líder de mercado em sistemas de carbonatação de águas em casa - e depois de experimentar, posso dizer que foi paixão à primeira vista. Bem... sem contar com a vez que, no Colombo, passei pela banca da marca e, por preconceito nutricional e defeito profissional, simplesmente achei “oh... lá estão eles com novas soluções para impingirem refrigerantes e açúcar às pessoas”. Esta assunção fez com que não me aproximasse demasiado e recusasse educadamente a oferta de degustação sem questionar do que se tratava.

Ao conhecer realmente o produto percebi que tinha estado este tempo todo enganada e que afinal a sodastream era efetivamente uma forma muito saudável de ingerir líquidos e hidratar, quer crianças quer adultos. Na verdade é uma marca que assenta a sua preocupação no bem estar, na saúde e no respeito pela natureza e ecologia, de uma forma rápida, prática e personalizavel. Enfim... acho que dá para perceber que me rendi aos encantos da água gaseificada (e o resto da família também)... rapidamente se tornou no meu "novo vício" (saudável)!



Em várias publicações anteriores falei da dificuldade que a maior parte dos meus pacientes (e confesso eu própria antes da gravidez) têm em beber água em quantidade suficiente. No inverno porque há menos sede e de verão porque há outras tentações apetecíveis, como refrigerantes e sumos açucarados, sangrias, cervejas e caipirinhas “refrescantes”. Qualquer uma destas bebidas, garantem a maioria das pessoas,  é bem mais divertida do que beber água lisa.


Uma forma alternativa de hidratação comprovadamente saudável

Já tinha sugerido várias estratégias para contornar esta lacuna pouco saudável, como optar por receitas de águas aromatizadas ou detox, infusões sem açúcar ou simplesmente recorrer a aplicações que nos lembrem dessa necessidade (ver AQUI e AQUI) mas faltava-me a sugestão do consumo de água gaseificada.

Ao contrário de outros países, em Portugal não há um hábito tão enraizado de consumo de água com gás. Pela minha costela francesa, nacionalidade canadiana e passagens pelo reino unido enquanto estudante universitária, percebi que lá fora se bebe muito mais água com gás como forma de hidratação do que por terras lusas e que por cá é só quando se está "mal disposto", enfartado ou com digestões mais difíceis.
Tenho ideia que continuam a existir alguns mitos e preconceitos com tudo o que tenha gás. Mas será assim tão mau? Olhem que não! Pode ser uma excelente forma de tornar a hidratação mais apetecível, divertida, saborosa e, se preparada em casa, muito mais saudáveis e autêntica do que as alternativas de compra.

Querem conhecer as vantagens do consumo regular de água com gás caseira? Tenho para partilhar novidades que acho que vão gostar, assim como receitas exclusivas para poderem aromatizar as vossas águas gaseificadas com o toque de detox, mesmo a calhar para a rentrée. Preparados? Fiquem atentos às próximas publicações.


_____________________________________________________
Vê posts relacionados:

Receitas de Águas Detox com Gás
http://santamelancia.blogspot.pt/2017/09/um-detox-por-favor-vai-ser-com-ou-sem.html

Mitos e Verdades relacionados com as Águas Gaseificadas
http://santamelancia.blogspot.pt/2017/09/beber-agua-com-gas-faz-mal.html






Sem comentários:

Publicar um comentário